Home > Random Stuff > Mackenzinho…

Mackenzinho…


Estou no meio de uma situação engraçada. Não queria ficar na minha aula de C, tenho alguns problemas com a professora… Que envolvem sua face, sua voz e seu péssimo humor. Pois bem, fugi e vim para a praça de alimentação. Escolhi uma mesa, bem, entenda-se por escolher “pegar a primeira vaga que aparecer na frente”.

Me sentei, fiquei olhando o movimento por um instante, comi um salgado e abri meu note. Depois de alguns poucos minutos apareceu um casal, que até o momento eu não sabia que era um casal, e me pediu para sentar na mesa também. Pensei “beleza, eu tô de fone de ouvido mesmo, não pega nada” – “Claro, pode sentar. Por favor, fique à vontade”. É, ficaram à vontade demais. Começaram a comer um moranguinho, bater papo e começaram a se pegar… Meu! Se pegar na minha frente… Bom, beleza, uma conversa eu consigo segurar com os fones. Mas e a pegação?! Não dá né…

Fiquei lá, trabalhando, na verdade lendo, no meu note. E os dois se pegando… Por minutos.

Bom, foram embora… E não me ofereceram morangos, se bem que, pensando bem, acho que eu tô tranquilo de morango.

Passaram uns 5 minutos. Mais pessoas chegam. Agora intelectuais de algum curso como Direito ou Administração. Chegaram, não pediram e sentaram. Não gostei, mas, bem, “tá no inferno”… Confesso, gosto de ouvir absurdos de pessoas. E eles foram um prato cheio. Nossa, eu estava ouvindo toas as manchetes dois últimos dias saindo da boca deles, seguida da opinião do apresentador ou jornal que publicou. Onde está a opinião das pessoas?

Eram duas meninas e um cara, orgulhoso de ter assistido o filme “Tropa de Elite” pirata antes da estreia. E falando de boca cheia do pelotão “X”, não assisti o filme, só vou ver no cinema e DVD original, que este pelotão ou grupo especial, não lembro, era idolatrado no Rio, que as crianças nasciam e nem cogitavam a possibilidade de ser jogador de futebol ou bailarinas.

Mas, bem, como disse eu não vi o filme. Imagino que esse cara, claramente paulista, não seja um devoto desse BOPE, procurei no Google. Logo, seguindo meu raciocínio, ele deve ter tirado suas opiniões do filme nacional pirata que ele, assim como nosso querido ministro da cultura o baiano maconheiro Gilberto Gil, assistiu antes da estréia do filme nos cinemas.

As pessoas as vezes falam demais. Bem, eu escrevo demais, talvez, mas pelo menos você pode escolher entre ler ou não.

Sei lá, acho que sou chato mesmo… Ou simplesmente não estou tendo paciência para o Mackenzie mais.

Advertisements
  1. Bigodom
    October 22, 2007 at 10:47

    Ihhhh… assistiu o filme do Borat antes de todo mundo aqui…

    Óia as contradição! Óia as contradição! =P

  2. October 22, 2007 at 11:11

    Ahahahah!
    Fala Bigodom!

    Realmente o Borat eu assisti mesmo! Mas é o que eu tenho dito, sou totalmente a favor da pirataria, mas estou dando uma chance para esse filme porque dizem que é muito bom e como o Brasil não tem dinheiro como USA e afins para fazer filmes…

    =)

    Ate!

    Tiago

  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: