Home > Random Stuff > Mococa-SP

Mococa-SP


Depois de 4 anos, voltei a Mococa, logicamente apenas para visitar. Bem legal, fiquei na casa do meu amigo Gabriel, era aniversário dele e tal. Foi engraçado voltar lá depois de tanto tempo, ver os amigos perdidos, meu primo que não é bem meu primo, o lanche do Nocão (ainda falaremos mais sobre isso), a caipirada espalhada na cidade… Bem legal.A viagem foi boa, quase não passei raiva com nada. Os ônibus estão melhores e não me lembro de ninguém ter comido aqueles salgadinhos com cheiro desgraçado, isso já é algo bom. É uma pena que eu sou um asno completo e não sei onde foi parar meu iPod, com uma trilha sonora diferente de “nada” a viagem teria sido ainda mais tranqüila na ida e menos cansativa na volta; sim, nós pegamos um transito bom na volta.

Churrasco, cerveja com os camaradas, histórias completamente absurdas que só acontecem em Mococa… Não tenho do que reclamar na viajem, não passei vontade de nada, realmente. Foi massa porque até a Bel e o Celso, acho que já escrevi deles aqui, estavam lá também, infelizmente não conseguimos sair com eles e [provavelmente] eu fiquei como culpado da história, mas teremos oportunidades ainda, sem dúvida.

Nossa! Fui olhar nas fotos do meu celular e não tem nenhuma tirada em Mococa. Tem um videozinho, será que eu coloco aqui? Bom, não é nada que se diga “Nossa! Que master!”, mas… [30 minutos depois]… É, na verdade eu tinha algumas fotos Mococanas sim. De qualquer maneira coloquei o video também.

Abaixo as fotos de Mococa, clique para ver ampliado.

Buda Tattoo Edificio Chavarria Nossa Senhora.

Casa Gabriel Marim

Agora vou falar sério. As fotos abaixo são de conteúdo não apropriado para menores de 18 anos e/ou portadores de problemas cardíacos, principalmente problemas cardíacos, uma vez que a maionese caseira é uma verdadeira bomba. As fotos são do famoso lanche do Nocão, o rei da salmonela e da maionese caseira. Sim, eu confesso… Ao mexer nessas fotos fiquei com fome, muita fome.

Nocão - parte I Nocão - parte II Nocão - parte III

Só para constar, a mão vista segurando esse lanche único e incomparável não é minha. No fervor da fome, nem mesmo pensei em tirar a foto do lanche, apenas me preocupei em engolir. Mas, dotado de destreza maior, o meu grande amigo Marcelo, vulgo Negão, mandou bem e tirou a foto. Congratulations!!!

Advertisements
Categories: Random Stuff
  1. No comments yet.
  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: